Camara municipal

Papy fica indignado com caso do Show do Cupido em Amambai e leva debate para Câmara

Por PH em 16/03/2023 às 16:24:22
Divulgação

Divulgação

O "Show do Cupido" em Amambai, município no sul do estado, em que uma apresentação de circo virou caso de polícia, deixou o vereador Papy (SOLIDARIEDADE) indignado e provocou um debate na Câmara Municipal de Campo Grande, na sessão de terça-feira (14), sobre a preservação da educação das crianças.

"De fato, vivemos em uma sociedade doente em muitos aspectos. Venho repercutir um assunto aqui sobre um circo que pode se chamar de circo de horrores que aconteceu na cidade de Amambai, no último fim de semana, com um tal de "Show do Cupido". A prefeitura contratou e apoiou um evento cultural, apresentado para crianças em que a sociedade custeou os bilhetes para as crianças terem uma distração e chegou lá era uma dança erótica, com dois homens adultos sensualizando para crianças de 6 anos de idade", contou Papy.

Segundo Papy, o vídeo que viralizou é horroroso e inadmissível. O vereador afirmou que nas imagens, é possível ver a crianças tampando o rosto, enquanto os homens dançam, fazendo gestos sexuais. "Já entramos em contato e a prefeitura respondeu a diversos veículos de comunicação dizendo que não tinha conhecimento do que se tratava o Show do Cupido", disse.

O vereador do Solidariedade defendeu a classe artística de Mato Grosso do Sul, dizendo que a qualidade dos profissionais em nada se compara ao "Show do Cupido".

"Os artistas podem apresentar uma cultura de verdade, que possa impactar a vida das crianças de verdade e não uma cultura baixa, não um show que expõe uma erotização infantil. Nós estamos aqui trabalhando arduamente nesse plenário com legislação para defender contra o abuso e a exploração de crianças. Constantemente a gente vem fazer esse debate aqui e, quando a gente vê, a prefeitura apoiando um evento com o dinheiro do contribuinte", finalizou Papy.

O vereador Clodoilson Pires (Podemos) parabenizou Papy por levar o tema ao debate. "A gente tem visto em Campo Grande, sendo noticiado crime contra as crianças e crimes hediondos. Nós como vereadores precisamos estar atentos, fiscalizar porque nem tudo que se diz que é cultura é de fato cultura. Às vezes, é uma destruição dos valores que nós temos na nossa sociedade", completou.

Entenda o caso

A Polícia Civil de Amambai abriu inquérito para investigar os organizadores e artistas envolvidos no show em que um homem se apresenta vestido apenas com uma cueca. As investigações correm em sigilo para não expor os menores. Os moradores do município que não tiveram acesso à classificação indicativa da apresentação e levaram crianças. Ao assistirem o show se sentiram incomodados com a apresentação com conotação sexual destinada para crianças.

FOTO: Eliza Mustafa
Assessoria de Imprensa do Vereador

Comunicar erro
governo combate

Comentários

Assembleia Legislativa