Bioparque

PASTOR É MORTO A TIROS AO NEGAR PAGAR R$ 10 POR CONSERTO DE ENERGIA; OUTRA PESSOA MORREU E 4 FICARAM FERIDAS

Por PH em 22/01/2022 às 15:39:24
Pastor foi morto a tiros e casa de um dos suspeitos foi incendiada após se negar a pagar R$ 10 por conserto de energia, segundo a PM ?- Foto: Divulgação/PM

Pastor foi morto a tiros e casa de um dos suspeitos foi incendiada após se negar a pagar R$ 10 por conserto de energia, segundo a PM ?- Foto: Divulgação/PM

UMA CASA FOI INCENDIADA; SEGUNDO A POLÍCIA, IGREJA TINHA "GATO" DE ELETRICIDADE QUE PAROU, E UM MORADOR ACIONADO PARA CONSERTAR O PROBLEMA EXIGIU DINHEIRO PELO SERVIÇO.

O pastor de uma igreja e outra pessoa foram mortos a tiros, em Palmas, no sul do Paraná, em uma confusão após o religioso evangélico se negar a pagar R $10 por um conserto de energia elétrica, segundo a Polícia Militar (PM).

O caso ocorreu entre a noite de sexta-feira (21) e a madrugada deste sábado (22). Conforme a PM, outras quatro pessoas foram baleadas e encaminhadas ao hospital. A casa de um dos suspeitos de atirar contra o pastor foi incendiada.

Segundo informações, os prédios da região possuem ligação irregular de energia, chamados "gatos". O sistema parou de funcionar na igreja onde também fica anexada a casa do pastor, na noite de sexta.

Testemunhas relataram à polícia que o pastor procurou um morador para que fizesse o conserto da fiação e que o homem pediu o valor de R$ 10 pelo serviço, sendo que o pastor disse que não pagaria.

Após a negativa, começou uma confusão entre os envolvidos e outras pessoas, que interviram. O homem que quis cobrar o valor do pastor saiu e voltou, em seguida, com dois irmãos. Eles atiraram, segundo a PM, contra as pessoas que estavam em frente à igreja.

Quatro homens, de 21, 22, 25 e 32 anos, foram baleados, sendo que o de 25 anos morreu. O suspeito de atirar contra o grupo também foi baleado, com um tiro no abdômen. Ele foi socorrido e recebeu voz de prisão no hospital.

Depois, já na madrugada de sábado, quatro pessoas encapuzadas chegaram na casa do pastor, segundo a polícia. O pastor saiu para verificar o que estava acontecendo e foi morto com mais de 10 tiros. Ele morreu no local.

A PM informou que pessoas da comunidade se revoltaram contra os suspeitos de matar o pastor e incendiaram a casa de um deles. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: RPC

Comunicar erro
Assembleia Legislativa

Comentários

vacin