governo ms

Família de homem morto há meses teria ordenado execução de viúva na fronteira

Por PH em 14/01/2022 às 08:22:25
Foto : Divulgação

Foto : Divulgação

Maricela Rojas Giménez teria sido assassinada a tiros nesta quinta-feira, dia 13 de janeiro, a mando da família do ex-marido, Jorge Ortega García, morto em setembro de 2021. A polícia aponta o ex-cunhado como autor do crime, ocorrido em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

Segundo a agente fiscal do Paraguai, Reinalda Palacios, o suposto autor do crime seria o cunhado de Maricela, irmão de Jorge. De acordo com o site Midiamax, Jorge foi identificado e a polícia acredita que o motivo do crime seria um litígio sucessório.A ex-sogra de Maricela está presa, conforme as primeiras informações da polícia. A vítima foi ferida a tiros na tarde desta quinta e chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu.

Fonte: Dourados News

Comunicar erro
banner assemleia

Comentários

vacin