Banner

Caso Elias : veiculo usado por pistoleiro é encontrado queimado a 8 km de local de execução na Capital

Por PH em 08/07/2024 às 20:46:01
Carro queimado em frente à delegacia. - Crédito: Henrique Kawaminami/Campo Grande News

Carro queimado em frente à delegacia. - Crédito: Henrique Kawaminami/Campo Grande News

Um carro que tem ligação com a execução de Elias da Silva Maldonado, de 36 anos, foi encontrado totalmente carbonizado, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande, a cerca de 8 quilômetros do local do assassinato, que aconteceu no Bairro Coophavila, na noite deste domingo, dia 07 de julho.

Execução de Elias

As informações são de que houve uma festa na residência de Elias. Antes das 21 horas, ele saiu com a esposa no carro Jeep para levar os dois filhos de Elias para casa e, por volta das 22 horas, retornaram ao imóvel. A mulher conduzia o veículo e Elias ocupava o banco do passageiro.

A esposa saiu para abrir o portão da casa e, na sequência, Elias também desembarcou do veículo. Ele deixou o celular cair e quando se abaixou para pegar o aparelho, foi surpreendido pelo atirador. "Escutei uns 15 tiros", disse um vizinho que pediu para ter o nome preservado. A vítima foi atingida por vários tiros na cabeça e caiu ao lado do carro.

Maldonado tem ficha criminal. Era apontado como líder do bando que invadiu uma casa, no Conjunto Residencial Recanto dos Rouxinóis, em Campo Grande, e roubou joias que valiam R$ 180 mil, em agosto de 2014. Sete anos depois, ocupava uma Range Rover Evoque quando tentou matar um homem a tiros após briga no trânsito, na Avenida Afonso Pena.

Comunicar erro
ana

Comentários

Tribunal