Assembleia Legislativa

Preservação ambiental: empreendimentos devem estar devidamente licenciados para o seu funcionamento

Por PH em 21/05/2024 às 07:29:58
Divulgação

Divulgação

A gestão municipal de Campo Grande tem executado ações voltadas à preservação ambiental aliada ao desenvolvimento econômico. E por meio da conscientização e o monitoramento constante tem alcançado importantes avanços na área do licenciamento ambiental. Exemplo disso são os dados obtidos no primeiro trimestre de 2024, momento em que foram emitidas 158 Licenças Ambientais, um aumento de 24% se comparado ao mesmo período em 2023, quando foram emitidos 127 Licenças Ambientais.

Assim, cientes que o licenciamento ambiental é de extrema importância para as cidades, pois garante que empreendimentos e atividades que possam impactar o meio ambiente sejam realizados de forma sustentável, a Prefeitura de Campo Grande, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), tem implementado ações que visam a modernização, celeridade e eficiência nos atendimentos.

Para a secretária municipal de Meio Ambiente e Gestão Ambiental, Kátia Sarturi, o licenciamento ambiental garante o desenvolvimento sustentável "O licenciamento ambiental contribui para o equilíbrio entre crescimento econômico e preservação ambiental, garantindo um ambiente saudável para a população e para as futuras gerações".

Destacando que na manhã desta segunda-feira (20/5) foram entregues a Licença de Operação do centro de distribuição da Coca-Cola FEMSA Brasil, uma ampliação da sua unidade em Campo Grande. Com isso, o local, que conta com produção e operação, dobrará sua capacidade de armazenamento. Mais um empreendimento que deverá impactar positivamente na geração de emprego e renda. Bem como, a entrega da Licença Prévia para a empresa Tecol Engenharia referente ao empreendimento multiresidencial que contará com 160 unidades voltado à habitação de interesse social, na região do Bairro Rita Vieira. Ampliando assim, a possibilidade dos munícipes realizarem o sonho da casa própria.

A prefeita Adriane Lopes, ressalta a adoção de práticas sustentáveis que visam garantir um desenvolvimento equilibrado e duradouro, atendendo às necessidades atuais sem comprometer as gerações futuras "A Prefeitura busca conciliar o crescimento econômico, a justiça social e a preservação do meio ambiente. Isso inclui o uso responsável dos recursos naturais, a gestão adequada dos resíduos e a criação de políticas públicas que objetivam o bem-estar da população de forma integrada e consciente".

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comunicar erro
Governo Agro

Comentários

Canal 73