Camara municipal

Garimpeiros são torturados e mortos por ind√≠genas, e fam√≠lia pede ajuda para resgatar corpos

Por PH em 13/02/2024 às 17:48:37
Reprodução

Reprodução

Roraima – Familiares de tr√™s garimpeiros mortos no garimpo conhecido como Parima, na região de Iracema, pedem ajuda das autoridades para resgatar os corpos. Eles registraram nessa segunda-feira, 12, um Boletim de Ocorr√™ncia no 4¬į Distrito Policial.

De acordo com os familiares, as vítimas Elizangela Pessoa da Silva, de 43 anos, Luiz Ferreira da Silva, de 50 e Josaf√° Vaniz da Silva, de 52, teriam sido mortas por indígenas que teriam invadido o barraco armados com flexas e armas de fogo, na tarde da última quinta-feira, 8.

Outros tr√™s garimpeiros teriam sobrevivido ao ataque e estariam vindo para Boa Vista. Um dos sobreviventes teria sido flechado em um dos braços. Nós queremos os corpos para dar um enterro digno para eles, pois merecem. Eles não são bichos para ficarem l√° abandonados.

Garimpeiro não é bandido, eles estavam l√° trabalhando. Não temos condições de ir buscar por isso, estamos pedindo que as autoridades nos ajudem, pois os corpos j√° estão em avançado estado de decomposição. O que fizeram é desumano", disse Carla Cardoso de Brito, de 34 anos, irmã de Luiz.

Os familiares foram avisados do crime pelos sobreviventes que fugiram do local e quando tiveram acesso a internet mandaram mensagens informando sobre o ocorrido. Os indígenas vieram para nos matar, vieram para matar todo mundo. Foram cerca de 15 tiros.

Nós não trouxemos nada, estamos apenas com a roupa de trabalhar e a vida. Est√°vamos dentro do buraco, quando ouvimos os tiros vindo do barraco e começamos a correr, chegamos a ver a cozinheira correr e ser baleada na coluna, os outros dois foram baleados nas costas", diz um dos √°udios enviados as famílias.

Fonte: CM7BRASIL

Comunicar erro
governo combate

Coment√°rios

Assembleia Legislativa