Camara municipal

Vereador Ayrton Araújo reprova atitude da prefeita por vetar projetos que beneficiam bairros da periferia de Campo Grande

Por PH em 08/02/2024 às 08:04:15
Divulgação

Divulgação

O vereador Ayrton Araújo, líder da bancada do PT na Câmara Municipal, fez pronunciamento indignado com a atitude da prefeita Adriane Lopes que vetou 13 emendas das 24 de sua autoria, que foram apresentadas ao Projeto de Lei nº 11.108/23 – LDO – que estima a receita e fixa despesas do município de Campo Grande para o exercício financeiro de 2024.

A fala do vereador aconteceu logo no início da sessão de abertura do período legislativo de 2024. Segundo ele, os vetos apresentados pela prefeita atingem de cheio toda a população dos bairros mais periféricos da capital, que sofrem com a falta de infraestrutura urbana e pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, entre eles:

Jardim Los Angeles, Parque do Sol, Dom Antônio Barbosa, Parque do Lageado, Jardim Carioca, Vila Romana, Jardim Santa Mônica, Jardim das Perdizes, Jardim Anápolis, Jardim Pacaembú, Mário Covas, Cristo Redentor, além dos vetos para a construção do EMEI no bairro Jardim das Perdizes e a expansão da rede de serviços de diagnósticos por exames de imagens e laboratoriais descentralizados, sendo um em cada Região Administrativa, também recebeu veto da prefeita.

Razões do veto: "Conforme as ponderações elencadas vetamos o dispositivo, haja vista que a vinculação de recursos para o atendimento das emendas oriundas do Poder Legislativo Municipal, inviabilizam as ações diretas a serem realizadas pelos órgãos e entidades do Poder Executivo comprometendo a disponibilização de serviços à população."

Segundo o vereador Ayrton Araújo, a prerrogativa do veto é do poder executivo, porém, as justificativas não merecem o nosso aval, por não demonstrarem as razões fáticas que justifiquem "punir" com a não prestação dos serviços essências e ações estruturais, exatamente nos bairros mais periféricos e carentes de nossa Capital, asseverou o parlamentar.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Comunicar erro
governo combate

Comentários

Assembleia Legislativa