Fronteira do Futuro: Governo de MS garante recurso de contrapartida para financiar obra emblemática

Por PH em 04/06/2023 às 11:51:00
Divulgação

Divulgação

A gestão municipalista do Governo do Estado assegura desenvolvimento, investimentos e infraestrutura em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Em Ponta Porã, o governador Eduardo Riedel participou ontem (2) da assinatura das ordens de serviço para urbanização e revitalização da Linha Internacional, entre Brasil e Paraguai.

A obra emblemática vai beneficiar diretamente o turismo de compras, e tornar o município – que fica na fronteira com a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero – um destino ainda mais atrativo. A execução do projeto Fronteira do Futuro é financiada pelo Fonplata (Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata) com investimento de R$ 85 milhões.

"Podemos, nos projetos conjuntos entre o Brasil e o Paraguai, melhorar cada vez mais. Esta parceria vai se fortalecer, não tenho dúvida alguma. O Estado vai garantir contrapartida. O Governo será parceiro para realizar esse sonho", disse o governador Eduardo Riedel, que destacou a competência do atual secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, e ex-prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, e ainda que a gestão manterá discussão de projetos de transformação que visem a modernização de Mato Grosso do Sul.

"Vai resolver problemas e realizar um sonho do nosso município e da região de fronteira", disse o titular da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), Hélio Peluffo, destacando que a obra marcará gerações, eliminando 17 pontos de alagamentos com pelo menos 30 km de drenagem.

"Está é uma das obras mais emblemáticas da fronteira, com um significado muito especial para todos que, assim como eu, cresceram cruzando quase diariamente essa linha internacional", disse o prefeito de Ponta Porã, Eduardo Campos.

Obra na Linha Internacional

A urbanização e revitalização da Linha Internacional – obra executada pela Prefeitura de Ponta Porã -, que separa Ponta Porã de Pedro Juan Caballero (Paraguai), é considerada uma obra emblemática.

Chamado de Polígono da Linha Internacional, o projeto inclui obras urbanísticas e de infraestrutura numa extensão de 5,7 km, além da instalação de equipamentos, como pista de caminhada, ciclovia e quadras de esportes, bem como um amplo estacionamento e espaços para a cultura e convivência.

A obra deve valorizar e elevar o significado turístico e comercial da Linha Internacional, atraindo moradores e visitantes para esse espaço que une as duas cidades, além de trazer mais segurança e acessibilidade.

Natalia Yahn e Ludyney Moura (de Ponta Porã), Comunicação Governo MS
Fotos: Álvaro Rezende

ATENÇÃO IMPRENSA: confira aqui o pool de imagens do evento em Ponta Porã

Fonte: Governo MS

Comunicar erro
Governo do Estado

Comentários

Assembleia Legislativa